Home / Literatura Africana /

A Teoria Geral do Esquecimento segundo José Eduardo Agualusa

A Teoria Geral do Esquecimento segundo José Eduardo Agualusa

 

Em novembro de 2018 chegou novamente às livrarias a obra Teoria Geral do Esquecimento, um dos mais aclamados romances de José Eduardo Agualusa, distinguido com o Prémio Literário Fernando Namora em 2013, finalista do Man Booker International em 2016 e, não menos relevante, vencedor do International Dublin Literary Award em 2017.

O livro Teoria Geral do Esquecimento, complexo e poético romance do escritor angolano, relata na personagem de Ludovica Fernandes Mano, vulgo Ludo, a história esquecida de uma Angola sem rumo.

Ludo, aterrorizada com os tumultos da véspera da independência de Angola, decide proteger-se e isolar-se no seu apartamento, em Luanda, erguendo uma parede que separa o seu apartamento do restante edifício e do resto do mundo. Durante quase trinta anos sobrevive a custo, como uma náufraga numa ilha deserta, vendo, em redor, a cidade crescer, exultar, sofrer.

A obra Teoria Geral do Esquecimento é o livro que nasce dos registos, poemas e reflexões desse período deixados por Ludo, depois da sua morte, na Clínica Sagrada Esperança, já com 85 anos.

E o narrador deixa uma advertência: “Os diários, poemas e reflexões de Ludo ajudaram-me a reconstruir o drama que viveu. Ajudaram-me, creio, a compreendê-la. Nas páginas que se seguem aproveito muitos dos testemunhos dela. O que vão ler, contudo, é ficção. Pura ficção.”

Livro Teoria Geral do Esquecimento distinguido em 2017 em Dublin

Em 2017, o romance Teoria Geral do Esquecimento foi finalista do Man Booker International e venceu o International Dublin Literary Award (antigo IMPAC Dublin Award).

Teoria Geral do Esquecimento de José Eduardo Agualusa recebeu nomeações de quatro bibliotecas.

O romance foi indicado para o International DUBLIN Literary Award pela Biblioteca Pública Municipal do Porto, pela Biblioteca Municipal de Oeiras, pela Biblioteca Demonstrativa Maria da Conceição Moreira Salles, de Brasília, e pela Gradska Knjiznica, de Rijeka, na Croácia, que destacaram a forma como o romance equilibra “elementos-chave da história angolana recente com as vidas de gente comum”, construindo um “caleidoscópio” que retrata magistralmente Angola e Luanda com toda a sua violência, todo o seu misticismo e toda a sua loucura, mas também com todo o seu calor”.

Criado em 1996, o prémio literário de Dublin consiste em 100 mil euros, que são atribuídos pelas Bibliotecas Públicas de Dublin, com o apoio da autarquia da capital irlandês. Tratando-se de um prémio anual, distingue sempre livros escritos ou traduzidos para inglês.

A quantia monetária é entregue na sua totalidade ao autor do livro caso este tenha sido escrito em inglês. No caso de tradução, o valor é repartido: 75 mil euros são entregues ao escritor e 25 mil destinados ao tradutor.

O processo de nomeações para o prémio é feito por mais de 400 bibliotecas a nível mundial, sendo o júri da edição de 2017 composto pela editora e professora universitária Ellah Wakatama Allfrey, pela tradutora e crítica Katy Derbyshire, pela escritora Kapka Kassabova, pelo professor universitário Chris Morash, pelo também escritor Jaume Subirana e por um elemento sem poder de voto, que preside ao painel, desempenhado pelo antigo juiz e atual parceiro de uma sociedade de advogados em Washington Eugene R. Sullivan.

 

Quem é o escritor José Eduardo Agualusa?

José Eduardo Agualusa nasceu na cidade do Huambo, em Angola, a 13 de dezembro de 1960. Estudou Agronomia e Silvicultura. Viveu em Lisboa, Luanda, Rio de Janeiro e Berlim. É romancista, contista, cronista e autor de literatura infantil.

Os seus romances têm sido distinguidos com os mais prestigiados prémios nacionais e estrangeiros, como, por exemplo, o Grande Prémio de Literatura RTP (atribuído a Nação Crioula de 1998) e o Independent Foreign Fiction Prize (para O Vendedor de Passados de 2004).

Entre outras distinções, os seus contos e livros infantis foram merecedores de prémios, como o Grande Prémio de Conto da APE e o Grande Prémio de Literatura para Crianças da Fundação Calouste Gulbenkian, respetivamente.

Conforme assinala a Revista Estante na sua biografia dedicada ao escritor, José Eduardo Agualusa é “um dos mais importantes autores lusófonos da atualidade, destacando-se com romances que percorrem o mundo, mas que estão sempre centrados nos personagens.”

Ficha Técnica do livro Teoria Geral do Esquecimento

Género: Romance

Formato: 15 x 23,5 cm

N.º de páginas: 248

Data de relançamento: 9 de novembro de 2018

PVP: € 16,60

ISBN: 9789897224416

CONFIRA TODAS AS OBRAS DE JOSÉ EDUARDO AGUALUSA NAS LIVRARIAS ONLINE

FNAC PORTUGAL

LIVRARIA CULTURA

SARAIVA

AMAZON REINO UNIDO

AMAZON INTERNACIONAL

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
 

Partilhar este artigo

Comments

  • Avatar
    Marina Maria Ribeiro
    02 March, 2019

    A leitura alimenta a alma, me transporta para lugares imaginados reais ou não; alimenta o cognitivo na medida em que adiciono novo vocabulário, conhecimento; me transforma em uma pessoa melhor, adiciona!

Deixar Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *