Home / Literatura Africana /

A Teoria Geral do Esquecimento segundo José Eduardo Agualusa

A Teoria Geral do Esquecimento segundo José Eduardo Agualusa

 

Em novembro de 2018 chegou novamente às livrarias a obra Teoria Geral do Esquecimento, um dos mais aclamados romances de José Eduardo Agualusa, distinguido com o Prémio Literário Fernando Namora em 2013, finalista do Man Booker International em 2016 e, não menos relevante, vencedor do International Dublin Literary Award em 2017.

O livro Teoria Geral do Esquecimento, complexo e poético romance do escritor angolano, relata na personagem de Ludovica Fernandes Mano, vulgo Ludo, a história esquecida de uma Angola sem rumo.

Ludo, aterrorizada com os tumultos da véspera da independência de Angola, decide proteger-se e isolar-se no seu apartamento, em Luanda, erguendo uma parede que separa o seu apartamento do restante edifício e do resto do mundo. Durante quase trinta anos sobrevive a custo, como uma náufraga numa ilha deserta, vendo, em redor, a cidade crescer, exultar, sofrer.

A obra Teoria Geral do Esquecimento é o livro que nasce dos registos, poemas e reflexões desse período deixados por Ludo, depois da sua morte, na Clínica Sagrada Esperança, já com 85 anos.

E o narrador deixa uma advertência: “Os diários, poemas e reflexões de Ludo ajudaram-me a reconstruir o drama que viveu. Ajudaram-me, creio, a compreendê-la. Nas páginas que se seguem aproveito muitos dos testemunhos dela. O que vão ler, contudo, é ficção. Pura ficção.”

Livro Teoria Geral do Esquecimento distinguido em 2017 em Dublin

Em 2017, o romance Teoria Geral do Esquecimento foi finalista do Man Booker International e venceu o International Dublin Literary Award (antigo IMPAC Dublin Award).

Teoria Geral do Esquecimento de José Eduardo Agualusa recebeu nomeações de quatro bibliotecas.

O romance foi indicado para o International DUBLIN Literary Award pela Biblioteca Pública Municipal do Porto, pela Biblioteca Municipal de Oeiras, pela Biblioteca Demonstrativa Maria da Conceição Moreira Salles, de Brasília, e pela Gradska Knjiznica, de Rijeka, na Croácia, que destacaram a forma como o romance equilibra “elementos-chave da história angolana recente com as vidas de gente comum”, construindo um “caleidoscópio” que retrata magistralmente Angola e Luanda com toda a sua violência, todo o seu misticismo e toda a sua loucura, mas também com todo o seu calor”.

Criado em 1996, o prémio literário de Dublin consiste em 100 mil euros, que são atribuídos pelas Bibliotecas Públicas de Dublin, com o apoio da autarquia da capital irlandês. Tratando-se de um prémio anual, distingue sempre livros escritos ou traduzidos para inglês.

A quantia monetária é entregue na sua totalidade ao autor do livro caso este tenha sido escrito em inglês. No caso de tradução, o valor é repartido: 75 mil euros são entregues ao escritor e 25 mil destinados ao tradutor.

O processo de nomeações para o prémio é feito por mais de 400 bibliotecas a nível mundial, sendo o júri da edição de 2017 composto pela editora e professora universitária Ellah Wakatama Allfrey, pela tradutora e crítica Katy Derbyshire, pela escritora Kapka Kassabova, pelo professor universitário Chris Morash, pelo também escritor Jaume Subirana e por um elemento sem poder de voto, que preside ao painel, desempenhado pelo antigo juiz e atual parceiro de uma sociedade de advogados em Washington Eugene R. Sullivan.

 

Quem é o escritor José Eduardo Agualusa?

José Eduardo Agualusa nasceu na cidade do Huambo, em Angola, a 13 de dezembro de 1960. Estudou Agronomia e Silvicultura. Viveu em Lisboa, Luanda, Rio de Janeiro e Berlim. É romancista, contista, cronista e autor de literatura infantil.

Os seus romances têm sido distinguidos com os mais prestigiados prémios nacionais e estrangeiros, como, por exemplo, o Grande Prémio de Literatura RTP (atribuído a Nação Crioula de 1998) e o Independent Foreign Fiction Prize (para O Vendedor de Passados de 2004).

Entre outras distinções, os seus contos e livros infantis foram merecedores de prémios, como o Grande Prémio de Conto da APE e o Grande Prémio de Literatura para Crianças da Fundação Calouste Gulbenkian, respetivamente.

Conforme assinala a Revista Estante na sua biografia dedicada ao escritor, José Eduardo Agualusa é “um dos mais importantes autores lusófonos da atualidade, destacando-se com romances que percorrem o mundo, mas que estão sempre centrados nos personagens.”

Ficha Técnica do livro Teoria Geral do Esquecimento

Género: Romance

Formato: 15 x 23,5 cm

N.º de páginas: 248

Data de relançamento: 9 de novembro de 2018

PVP: € 16,60

ISBN: 9789897224416

CONFIRA TODAS AS OBRAS DE JOSÉ EDUARDO AGUALUSA NAS LIVRARIAS ONLINE

FNAC PORTUGAL

LIVRARIA CULTURA

SARAIVA

AMAZON REINO UNIDO

AMAZON INTERNACIONAL

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
 

Partilhar este artigo

Deixar Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *