Home / Literatura /

Book Depository: compra os livros e não pagues os portes!

book depository

Book Depository: compra os livros e não pagues os portes!

 

Há já alguns anos que comecei a compilar na minha estante livros em português lado a lado com livros em inglês. No início, era raro ler um livro que não fosse traduzido, porque era adepto da língua do meu país, além de ser mais fácil. Infelizmente, fui constatando que comprar livros que queria nem sempre era fácil em Portugal: os preços praticados pelas editoras são astronómicos e a maior parte dos livros que desejava ler rondavam os 20 aos 30 euros.

Por sugestão de amigos, comecei a aventurar-me por águas estrangeiras. Uma pesquisa rápida a certas livrarias online permitiu-me perceber que os preços dos livros no Reino Unido e nos Estados Unidos são incrivelmente mais baixos. Livros que em português me custavam 20 euros custavam nestas lojas menos de 10 euros… e muitos deles eram edições de capa dura!

Mas claro que comprar literatura em inglês através da Internet tem sempre alguns custos associados: os bens temidos portes. Dependendo da origem da loja onde estiver a fazer a compra, os custos de envio da sua encomenda podem por vezes custar quase tanto (ou mais!) do que os livros que está a comprar. Isto é incrivelmente desmotivador.

Se já se confrontou com este problema, ou tenciona fazer em breve compras pela Internet e procura uma livraria online que seja económica e que não lhe cobre um cêntimo sequer em portes (esteja você onde estiver) então chegou a hora de conhecer o Book Depository.

Book Depository: a minha experiência com este site

Para quem nunca ouviu falar, o Book Depository é uma livraria online britânica especialmente conhecida pelo seu gigantesco catálogo (do qual fazem parte livros em papel, digitais e até mesmo áudio) e entregas gratuitas em todo o mundo. Com preços extremamente competitivos, esta loja tenta competir contra algumas das maiores cadeias de vendas da Internet e consegue fazê-lo com mestria.

A primeira vez que comprei no Book Depository foi depois da Amazon – onde fazia a maior parte das minhas compras – ter terminado com o Free Super Delivery para Portugal (portes grátis para encomendas acima de 25 libras). Ao constatar que estava a pagar portes incrivelmente caros, procurei alternativas e encontrei uma excelente solução no Book Depository.

Para começar, livros não faltam. Até hoje encontrei sempre os livros que queria nesta loja online e o motor de pesquisa devolveu-me sempre várias resultados para o mesmo livro, apresentando edições de diferentes editoras e até em diferentes idiomas. O utilizador pode ainda modificar as opções para que os preços possam ser apresentados com os valores praticados com a moeda  do seu país e assim saber precisamente o que está a gastar.

E o pagamento, seguindo os mesmos  moldes de cartão de crédito, inclui ainda a possibilidade extremamente prática do Paypal. Assumo que isto para mim foi uma mais valia porque já usava o Paypal e acho que é uma opção mais segura do que introduzir os dados do cartão de crédito, algo que é sempre obrigatório na Amazon.

Mas entre tantas vantagens não há nada mau? Infelizmente, há uma pequena coisinha que devo apontar e alertar desde já os utilizadores. Embora o Book Depository faça um esforço para fazer chegar as suas encomendas aos utilizadores na Europa em apenas 8 dias úteis (no Reino Unido e em alguns países são apenas 3 dias), a verdade é que as encomendas têm demorado muito mais.

A última vez que comprei um livro no Book Depository custou-me 13.37 €, em versão inglesa, e demorou mais de duas semanas a chegar. Penso que esta é uma falha que o Book Depository procura resolver e que resulta exatamente do aumento recente do tráfego de clientes. Porém, para quem não se importa de esperar, esta é uma excelente forma de poupar dinheiro. Lembro-me de ter encontrado o livro em questão na Fnac, a mesma edição em inglês, e cujo preço estava marcado para rondar os 20 euros.

Visite agora mesmo o Book Depository e prepara-se para fazer as suas compras!

 

Partilhar este artigo

Deixar Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *