Home / Archives /

Clássicos da Literatura

Clássicos da Literatura / 47 posts encontrados

Muito Barulho Por Nada: uma das melhores comédias de Shakespeare

Não é raro encontrar trabalhos que juntem grandes nomes da poesia nacional e internacional. Neste post vamos falar de Sophia de Mello Breyner Andresen e da tradução nunca antes publicada daquela que é considerada uma das melhores comédias de Shakespeare: Muito Barulho Por Nada.

9 heroínas da literatura russa que todos deviam conhecer

A literatura russa demarca-se por duas características muito célebres: o volume dos seus livros e o drama das suas histórias. Porém, uma outra característica que tem sido notada por muitos especialistas é a força das personagens femininas na literatura russa. Num tributo à literatura russa decidimos compilar neste artigo essas mesmas heroínas.

Mário de Sá-Carneiro: o poeta jovem que partiu cedo demais

Em 1915, com a publicação da primeira revista literária Orpheu, dá-se início à chamada Geração d’Orpheu – um grupo responsável pela introdução do Modernismo nas artes e letras portuguesas. Deste grupo fez parte um homem que, não tão conhecido como Fernando Pessoa, prestou um grande contributo à cultura portuguesa: Mário de Sá-Carneiro. É a sua vida que recordamos neste post.

As melhores obras da literatura portuguesa dos últimos 100 anos

Como apontar o dedo a um livro e dizer que é um dos melhores dos últimos 100 anos? Com o mercado editorial a crescer de ano para ano, esta é uma pergunta que se torna cada vez mais difícil de responder. A revista Estante da Fnac decidiu por isso reunir um júri para que chegasse a um resultado. Confira a lista aqui.

As 20 piores capas de livros usadas em clássicos da literatura

Desta vez, decidimos procurar algumas das piores capas de livros usadas em clássicos da literatura e temos um desafio para lançar aos nossos leitores: compravam os livros que apresentamos neste post e não soubessem antecipadamente a história que iam encontrar no seu interior? Queremos ver as vossas respostas nos comentários!

Vaticano digitaliza manuscrito de A Eneida com 1600 anos

Em Roma, por volta do ano 400, um escriba e três pintores deram forma a um manuscrito iluminado do poema épica A Eneida, cuja autoria é atribuída a Virgílio. O manuscrito relata, através de letras e iluminuras, a viagem do antigo herói Enéias de Tróia para o território onde é hoje Itália.

7 curiosidades que não sabia sobre Alice no País das Maravilhas

Neste post, apresentamos algumas curiosidades fascinantes sobre o encantado país das maravilhas e a pequena rapariguinha que, levada pela curiosidade, seguiu um coelho através de uma toca e foi absorvida por um mundo cheio de coisas sem sentido.

As aventuras do Tintim: o rapaz mais animado da BD

Na banda desenhada, o dia 10 de Janeiro fica marcado pelo nascimento de Tintim, personagem criada por Hergé no ano de 1929. O jovem repórter belga acompanhado de Milú inspirou o seu criador para cerca de duas dezenas de histórias, uma das mais célebres Explorando a Lua.

Shakespeare existiu ou não existiu? Eis a questão

Será que William Shakespeare existiu? Esta é uma pergunta que tem sido feita nos últimos séculos e devidamente investigada. Nomes como Sigmund Freud e Charlie Chaplin não acreditam que o poeta tenha mesmo existido ou que o homem que supostamente assina as peças seja o verdadeiro autor de todo o trabalho literário que lhe é atribuído. Neste post analisamos este problema e tentamos perceber os argumentos que suportam as teorias.