Home / Escritores /

Jojo Moyes: a jornalista que trocou as notícias pelas histórias de amor

jojo moyes

Jojo Moyes: a jornalista que trocou as notícias pelas histórias de amor

 

No que diz respeito a romance na literatura existe uma escritora que tem sido muito comentada e merecido lugares constantes nos tops de vendas: estamos a falar de Jojo Moyes. Com o livro Como Eu Era Antes de Você, lançado em 2012, a autora provou ser uma contadora de histórias nata e que conseguia tecer uma história comovente, passada nos dias de hoje, e alcançar o coração de milhares de leitores por todo o mundo.

Graças à adaptação cinematográfica do seu livro, que chegou às salas de cinema em 2015, o nome de Jojo Moyes voltou a ser catapultado para os tops de vendas. O facto de ter lançado uma sequela para o seu primeiro livro, este segundo título com o nome Depois de Você, também ajudou a consolidar a sua posição nas tabelas.

Porém, sabe quem é realmente Jojo Moyes, a mulher por detrás da história de Louisa Clark e Will Traynor? É essa mesma pergunta que procuramos responder ao longo dos próximos parágrafos. Após alguma pesquisa tentamos delinear a biografia da autora e perceber a dimensão do seu currículo literário.

Você encontra todos os livros mencionados neste artigo nos seguintes sites:

LIVRARIA SARAIVA

AMAZON BRASIL

LIVRARIA CULTURA

FNAC BRASIL

FNAC PORTUGAL

SUBMARINO

Quem é Jojo Moyes?

Como é habitual, começamos esta história pelo início. Pauline Sara Jo Moyes, mais conhecida como Jojo Moyes, nasceu em Londres, Inglaterra, no dia 4 de agosto de 1969. Desde cedo demonstrou um interesse pelas letras e pelo mundo do jornalismo, foco profissional que sempre teve em mente quando prosseguiu com os seus estudos académicos na Royal Holloway e, mais tarde, no Bedford New College, da Universidade de Londres.

O jornalismo tornou-se um sonho mais tangível quando recebeu uma bolsa de estudos do jornal The Independent para fazer a pós-graduação em jornalismo, na City University. É este mesmo jornal que lhe abre portas para um grande capítulo da sua carreira, constituído por nove anos na redação do The Independent. Jojo Moyes só sai da publicação britânica em 2002, preparada para continuar a escrever… mas desta vez disposta a trocar as notícias pela ficção!

O ano de 2002 foi o início então de um novo capítulo. Pela altura em que deixou o The Independent já tinha encerrado as negociações para a publicação do seu primeiro livro, Sheltering Rain. A partir daí, começa a publicar livros com uma frequência quase anual.

Segue-se a então a publicação de Foreign Fruit (2003), que recebeu o Prémio de Novela Romântica do Ano, em 2004, The Peacock Emporium (2004), The Ship of Brides (2005), Silver Bay (2007), Night Music (2008), The Horse Dancer (2009), A Última Carta de Amor (2010) e A Garota que Você Deixou para Trás (2012), entre outros.

Os primeiros livros da autora lançados no Brasil, Como Eu Era Antes de Você (2013) e Depois de Você (2015), continuam na lista dos livros mais vendidos do país. Esta é uma história que tem como personagem principal Louisa Clark, uma jovem com uma vida banal – um namorado estável, trabalhador e uma família unida – que nunca saiu da aldeia onde sempre viveu.

Todavia, quando fica desempregada, vê-se obrigada a aceitar um emprego em casa de Will Traynor, que vive preso a uma cadeira de rodas, depois de um acidente. Durante a sua vida Will sempre levou tudo ao limite: grandes negócios, desportos radicais, viajante incansável. Mas desde o acidente que a adrenalina na sua vida esmoreceu.

Will é mordaz, temperamental e autoritário, mas Louise recusa-se a tratá-lo com complacência e em breve a felicidade e o bem-estar dele tornam-se muito mais importantes do que ela esperaria. No entanto, quando Lou descobre que Will tem planos inconfessáveis para a sua vida, ela luta para lhe mostrar que ainda assim vale a pena viver. Um livro que aborda um tema difícil e controverso, com sensibilidade, obrigando-nos a refletir sobre o direito à liberdade de escolha e as suas consequências.

Atualmente, Jojo Moyes vive numa quinta em Saffron Walden, Essex, ao lado do marido, o jornalista Charles Arthur, e dos três filhos do casal. A autora continua a escrever.

 

Share this article

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

<