Home / Cultura e Sociedade /

10 livros que mudaram o mundo e os comportamentos do Homem

10 livros que mudaram o mundo e os comportamentos do Homem

 

Ao longo dos séculos, o mundo foi moldado pelas mãos e mentes de homens e mulheres singulares. Em tempos, por exemplo, acreditou-se que o Planeta era o centro do universo e que todos os astros giravam em seu redor. Aliás, quem ousava protestar contra tal doutrina católica habilitava-se a morrer na fogueira.

Porém, houve quem ousasse falar mais alto e impactasse o mundo, mudando-o para sempre e abalando doutrinas que até então eram tomadas como certas. Através de palavras, estas figuras que hoje se tornaram históricas formularam teorias que abriram os olhos da Humanidade e a conduziram a proceder a mudanças drásticas. Volta e meia, alguns livros causam ainda abalos nas leis sociais que predominam na sociedade, modificando o pensamento de muitos.

Neste post, como já deve ter deduzido, retiramos da prateleira 10 livros que mudaram o mundo e que ainda hoje se mantêm relevantes. Venha connosco nesta aventura pela história e conhecimento.

10 livros que mudaram o mundo

1 – A República de Platão

republica

Através da literatura os gregos reservaram o seu lugar na história. É da Antiguidade Clássica e da Grécia que nos chegam alguns dos textos filosóficos mais importantes a debater a natureza e a sociedade. Em A República, Platão sublinhou conceitos morais e sociais através de diálogos entre os seus contemporâneos. As suas ideias marcaram de tal forma o mundo que ainda hoje continuam a ser usadas como base política para sistemas governativos em todo o mundo.

2 – O Kama Sutra de Vatsyayana

kamasutra

O Kama Sutra mudou hábitos sexuais. O texto Hindi foi um dos primeiros guias  a surgir para ajudar os casais atingirem o prazer máximo. O texto original descreve 64 práticas sexuais diferentes que, mais tarde, começou a ser acompanhado por ilustrações. O melhor de tudo é que dizem que Vatsyayana, o autor, era virgem, mas através da meditação atingiu um conhecimento profundo da natureza humana.

3 – Princípios Matemáticos da Filosofia Natural por Sir Isaac Newton

principios-matematicos

E quem disse que letras e números não funcionam lado a lado? Sir Isaac Newton provou o contrário ao escrever Princípios Matemáticos da Filosofia Natural. Trata-se de um livro complexo para quem não domina os princípios básicos da matemática, mas que revolucionou completamente a ciência da época. Newton apresenta no texto os três princípios básicos da mecânica: inércia, dinâmica e ação e reação.

4 – Senso Comum de Thomas Paine

senso_comum

Na época da colonização britânica, Thomas Paine começou a falar publicamente sobre os conceitos de liberdade e tirania nos Estados Unidos. Lado a lado com outros autores, como Henry David Thoreau, convenceu o sujeito comum da sociedade americana de que a Independência era uma boa ideia e, acima de tudo, que era concretizável. O resultado final, claro está, foi a Revolução Americana.

5 – Folhas de Relva de Walt Whitman

folhas-de-erva

Hoje, este livro de poesia assinado por Walt Whitman é considerado verdadeiramente revolucionário por ter quebrado certos padrões literários, abandonando a linguagem coloquial para utilizar um registo mais comum e facilmente entendido por todos. Neste livro, o autor juntou também o romantismo e o realismo, provando que a poesia é mais livre do que aparenta ser.

6 – A Guerra dos Mundos de H.G. Wells

guerra-dos-mundos

H. G. Wells será para sempre relembrado como um dos pais da ficção científica. O livro A Guerra dos Mundos, que chegou às livrarias há mais de um século, influenciou toda uma geração inteira, colocando nas nossas mentes a cultura de extraterrestre e de aventuras espaciais. Até obter uma adaptação cinematográfica muitos anos mais tarde, chegou a contar com uma versão para rádio. Diz-se que quem ouviu o excerto do livro em rádio julgou que o mundo estava de facto a ser invadido por extraterrestres.

7 – A Reivindicação dos Direitos da Mulher de Mary Wollstonecraft

direitos-das-mulheres

Lançada no final do século XVIII, durante o período agitado da Revolução Francesa, este livro assinado por Mary Wollstonecraft funda o feminismo como o conhecemos hoje. No texto a autora deixa claro que a mulher deve ter o direito à educação, tal como qualquer homem, de forma a ser vista como seu igual. Além do mais, o livro condena ainda o casamento, acreditando que resulta em escravidão disfarçada. Não há dúvidas de que mudou o mundo e foi a primeira pedra arremessada contra a sociedade patriarcal.

8 – A Origem das Espécies de Charles Darwin

origem

O livro de Darwin ainda hoje é causa de polémica, uma vez que vem contestar um outro livro muito importante: a Bíblia e qualquer outro livro sagrado que defenda que foi Deus quem criou o Homem. Isto porque Darwin apresentou pela primeira vez a teoria de que os organismos evoluem e ao longo de séculos e milénios para se transformarem em outros. Alguns termos que hoje usamos e aceitamos, como Seleção Natural, foram formulados pela primeira vez por Darwin neste texto. Indubitavelmente um dos maiores livros científicos da história.

9 – Pela Estrada Fora de Jack Kerouac

pela-estrada-fora

Jack Kerouac foi a pedra base da geração Beatnick que, nas décadas de 50 e 60, nos Estados Unidos, se lançou num movimento de contra cultura cujas ideias ainda hoje se mantêm vivas. Mais do que a importância histórica do livro, o texto foi escrito de uma forma original e radical: redigido em apenas três dias, Jack Kerouac serviu-se de um longo rolo de papel para escrever, quebrando regras literárias e avançando sempre no processo de escrita, com espírito livre. Um livro que merece ser lido.

10 – O Manifesto Comunista

manifesto-comunista

O Manifesto Comunista, redigido por Karl Marx e Friedrick Engels, mudou o mundo em inúmeros aspectos: política, social, económica, entre outros. A ideologia comunista é apresentada neste livro como uma sociedade sem classes que assenta na abundância e na divisão igualitária de todos os bens entre os membros da sociedade. Esta ideia, que eventualmente foi implantada na Rússia em 1917 e se alastrou para muitos outros países – provocando a chamada Guerra Fria entre 1950 e 1989 – mudou o mundo e, em certa altura, chegou mesmo a dividi-lo.

 

Partilhar este artigo

Deixar Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *