Home / Literatura Portuguesa /

Prémio José Saramago: uma distinção para os jovens escritores

prémio josé saramago

Prémio José Saramago: uma distinção para os jovens escritores

 

José Saramago foi o único escritor português até à data a receber um Prémio Nobel, a distinção máxima da literatura. Por essa mesma razão, faz todo o sentido que o autor de O Memorial do Convento tenha sido o eleito para nomear o prémio literário criado pela Fundação Círculo de Leitores em 1999.

Para quem não conhece, a Fundação Círculo de Leitores foi criada em 1995 com o objetivo de divulgar a cultura escrita e literatura portuguesa, contribuindo para o fomento dos hábitos de leitura e promoção da língua portuguesa. Para além do apoio à edição de grandes obras, a fundação criou as Olimpíadas da Leitura, e o Grande Torneio das Letras em parceria com o Diário de Notícias.

Porém, é em 1999 inicia a atribuição do primeiro grande prémio literário a distinguir jovens escritores de língua portuguesa – o Prémio Literário José Saramago.

Quem valoriza o Prémio José Saramago?

Atuamente, o Prémio José Saramago afirma-se como um dos mais importantes prémios literários atribuídos no âmbito da lusofonia a autores com obra publicada em português e com idade não superior a 35 anos de idade.

Como dissemos acima, o prémio celebra a atribuição do Prémio Nobel da Literatura de 1998 ao escritor português José Saramago e tem uma periodicidade bianual e o valor pecuniário de 25 mil euros. O júri é composto por 5 a 10 elementos de reconhecido mérito no âmbito cultural.

De acordo com o regulamento,  é distinguida “uma obra literária no domínio da ficção, romance ou novela, escrita em língua portuguesa, por um escritor com idade não superior a 35 anos, cuja primeira edição tenha sido publicada em qualquer país da lusofonia, excluindo obras póstumas.”

Eis uma lista de todos os vencedores do Prémio Literário José Saramago:

1999 – Natureza Morta de Paulo José Miranda

2001 – Nenhum Olhar de José Luís Peixoto

2003 – Sinfonia em Branco de Adriana Lisboa

2005 – Jerusalém de Gonçalo M. Tavares

2007 – O remorso de baltazar serapião de Valter Hugo Mãe

2009 – As Três Vidas de João Tordo

2011 – Os Malaquias de Andréa del Fuego

2013 – Os Transparentes de Ondjaki

2015 – As Primeiras Coisas de Bruno Vieira Amaral

E você, quantos dos livros a figurar nesta lista já leu? Queremos saber através da caixa de comentários.

 

Share this article

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

<