Home / Literatura /

10 sugestões de livros para dar como prendas de Natal

prendas de natal

10 sugestões de livros para dar como prendas de Natal

Na altura do Natal as livrarias fervilham com inúmeros clientes à procura de livros. A verdade é que um livro raramente desilude. Se tem de dar uma prenda a um amigo leitor então nem precisa de pensar duas vezes: um livro é a escolha certa.

Porém, nem sempre é fácil perceber que tipo de livro o seu amigo vai apreciar. Nesse sentido, decidimos dar uma vista de olhos pelas lojas online e pelas tendências do momento, e fizemos uma seleção de 10 livros, a pensar em miúdos e graúdos, que certamente não vão desiludir.

Garanta a sua compra o mais rapidamente possível para receber a sua encomenda antes do dia de Natal!

10 sugestões de livros para dar como prendas de Natal

Astérix – O Papiro de César

prendas de natal

Miúdos ou graúdos, a verdade é que os livros de banda desenhada de Asterix e Obélix nunca desiludem. Neste mais recente título, agora assinado por Jean-Yves Ferri e Didier Conrad, Júlio César acaba de escrever a história das suas campanhas na Gália. O seu editor, Bónus Vendetudus, antevê um sucesso retumbante. Mas há um senão: o capítulo sobre as derrotas de César face aos irredutíveis Gauleses da Armórica. A conselho de Vendetudus, o capítulo é suprimido de forma a que todos pensem que César conquistou toda a Gália. Mas o Gaulês Gerapolémix, boateiro referenciado pela guarda imperial Romana, faz chegar aquele candente capítulo à aldeia de Astérix. Conseguirão os Gauleses fazer com que a verdade seja revelada ?

 

Harry Potter e a Pedra Filosofal – Ilustrado

prendas de natal

Uma edição do primeiro livro de Harry Potter que é muito especial. O ilustrador Jim Kay mostra-nos o universo de Hogwarts e todo o mundo da magia de J. K. Rowling, desde as personagens ao castelo, sem esquecer a cabana do Hagrid ou a mágica rua onde os feiticeiros fazem as suas compras, a Diagon-Al. No total são mais de 100 ilustrações que, mais do que contar a história com imagens, ilustram o texto e nos levam de novo ao universo de Harry Potter. J. K. Rowling, claro está, aprovou e aplaudiu cada uma das ilustrações. “Tocaram-me profundamente”, declarou a autora britânica num comunicado à imprensa. “Adoro a sua interpretação do mundo de Harry Potter. Sinto-me grata e honrada por ele lhe ter emprestado o seu talento”.

O Diário de um Banana

prendas de natal

Podemos voltar a viver como nos velhos tempos? Esta é a grande dúvida do Greg, naquelen que é o 10.º volume do seu diário gatafunhado e ilustrado. Sempre com muito humor, Greg conta como a cidade resolveu voltar aos tempos da velha escola e mandou desligar todos os aparelhos eletrónicos. Mas, como devem calcular. Greg não parece feito para viver no antigamente, e a tensão aumenta, dentro e fora da casa dos Heffley. Conseguirá adaptar-se, ou será que a vida como era dantes é demasiado para ele? Um livro de Jeff Kinney que, dotado sempre de muito humor, alcança de forma humorística as faixas etárias mais jovem. Até mesmo quem não gosta de ler vai querer dar uma vista de olhos a O Diário de um Banana!

 

A Rapariga no Comboio

prendas de natal

A Rapariga no Comboio foi o livro mais vendido de 2015, na Amazon. Em 2016, chega o filme, cujo papel principal está a cargo de Emily Blunt. Entretanto, porque não presentear este livro? Este é um daqueles livros que se lê em dois ou três dias. Com cerca de 320 páginas, o livro parece um comboio que parte a um ritmo desenfreado e que avança aos solavancos, ameaçando descarrilar a qualquer momento. A história é contada sobre a perspetiva de três mulheres diferentes que têm algo em comum, apesar de nenhuma delas o saber. O desenlace da história acaba por proporcionar um momento de grande tensão que vem então com a resposta a todos os mistérios levantados ao longo dos capítulos anteriores.

 

O Amante Japonês

prendas de natal

Isabel Allende, a autora chilena conhecida de A Casa dos Espíritos e Paula, regressa em, 2015 com O Amante Japonês. Este livro, que é um dos mais vendidos do ano, conta-nos uma história que tem como fundo a II Guerra Mundial. Em 1939, quando a Polónia capitula sob o jugo dos nazis, os pais da jovem Alma Belasco enviam-na para casa dos tios, uma opulenta mansão em São Francisco. Aí, Alma conhece Ichimei Fukuda, o filho do jardineiro japonês da casa. Entre os dois brota um romance ingénuo, mas os jovens amantes são forçados a separar-se quando, na sequência do ataque a Pearl Harbor, Ichimei e a família – como milhares de outros nipo-americanos – são declarados inimigos e enviados para campos de internamento.

 

As Flores de Lótus 

prendas de natal

José Rodrigues dos Santos é frequentemente comparado a uma versão portuguesa de Dan Brown: e com motivos! No livro As Flores de Lótus, o autor conta uma história passada no século XX, numa altura em que germinam as sementes do autoritarismo. Da Europa à Ásia, as ondas de choque irão abalar a humanidade e atingir em cheio quatro famílias. Depois de assistir à queda da monarquia, o capitão Artur Teixeira vê as esperanças da República afundarem-se num caos de instabilidade. Adere à revolução militar e recebe uma missão: convencer Salazar a tornar-se ditador. Um romance histórico, polvilhado de factos verídicos e cuidadosamente confirmados, que se entrelaçam com uma história sensível e tocante.

 

Vai e põe uma Sentinela 

prendas de natal

Harper Lee, a autora de Mataram a Cotovia surpreendeu o mundo quando revelou que seria publicado um novo livro, intitulado Vai e Põe Uma Sentinela, com muitas das mesmas personagens do seu mais acalmado livro. A história decorre em meados da década de 1950, cerca de vinte anos mais tarde de Mataram a Cotovia. Scout, agora uma jovem mulher, regressa a Maycomb, sua terra-natal, para visitar o seu pai, Atticus. Porém, Scout vê-se forçada a confrontar-se com assuntos pessoais e políticos, bem como os seus próprios sentimentos relativamente ao local onde nasceu e passou a infância. Se este livro se vai tornar um clássico, como o seu antecessor, só o tempo o dirá.

 

Toda a luz que não podemos ver 

prendas de natal

Toda a luz que não podemos ver foi um livro que deu que falar em 2015, uma vez que o autor, Anthony Doerr, venceu o Prémio Pulitzer de Ficção por este mesmo título. A história concentra-se em Marie-Laure, uma jovem cega que vive com o pai, o encarregado das chaves do Museu Nacional de História Natural em Paris. Quando as tropas de Hitler ocupam a França, pai e filha refugiam-se na cidade fortificada de Saint-Malo, levando com eles uma joia valiosíssima do museu, que carrega uma maldição. Entretanto, cruzam caminhos com Werner Pfenning, um órfão alemão com um fascínio por rádios, talento que não passou despercebido à temida escola militar da Juventude Hitleriana. Um romance histórico e tocante que aborda muito mais do que o tema da pior guerra que devastou a Europa.

 

Perdido em Marte

prendas de natal

Perdido em Marte de Andy Weir já recebeu uma versão cinematográfica e, apesar de ter sido publicado em 2014, só este ano ganhou o reconhecimento que lhe é devido. Este livro, que se lê muito rápido, conta-nos a história do astronauta Mark Watney. Tripulante da missão Ares 3 – a terceira missão tripulada a Marte –, Mark Watney é deixado para trás pelos restantes membros da sua equipa, que o julgam morto depois de um acidente. Porém, uma vez que sobreviveu e está disposto a regressar à Terra, Mark procura uma forma de enfrentar as adversidades do planeta até que alguém o venha resgatar. Um livro que vale a pena ler antes de ver o filme que até já foi eleito como o filme do ano por Barack Obama.

 A Rapariga Apanhada na Teia de Aranha

prendas de natal

Lisbeth Salander, a personagem já bem conhecida da trilogia Millennium de Stieg Larsson, está de volta. A história de A Rapariga Apanhada na Teia de Aranha é contada por um novo autor, David Lagercrantz, que assume o legado deixado por Larsson. De novo somos conduzidos a uma história cativante, atualizada para o mundo moderno e a realidade das redes sociais, que arrasta Lisbeth para uma conspiração que envolve a NSA, Inteligência Artificial, uma pessoa do seu passado e, claro está, o famoso jornalista Mikael Blomkvist. Para saber mais sobre esta obra, leia a crítica ao livro que foi publicada aqui no blog Mundo de Livros.


Partilhar este artigo

Deixar Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *