Home / Arte /

O truque de como encontrar o Wally foi desvendado

O truque de como encontrar o Wally foi desvendado

 

As crianças que cresceram nos anos 80 e 90 lembrar-se-ão seguramente dos livros (como este) onde o desafio era encontrar o Wally (ou Waldo nos Estados Unidos da América). De óculos e camisola às riscas vermelhas e brancas, o personagem dos livros foi tão popular que até chegou a ter o seu próprio filme e videojogo.

Ícone de gerações, Wally foi responsável por umas boas horas de vida de miúdos e graúdos. Os desenhos são da autoria do ilustrador britânico, Martin Handford, e enchiam duas páginas de livros com diversos cenários. Entre centenas ou milhares de bonecos, a missão proposta era encontrar o Wally.

Por muitos anos que passem, a missão manter-se-á, embora haja um cientista da computação que tenha descoberto o método para resolver o problema. O seu nome é Randal Olson, um pós-doutorado da Universidade Estadual de Michigan, especializado em inteligência artificial. Num fim-de-semana em que ficou preso graças a um grande nevão, o jovem deparou-se com um livro e propôs-se a dar uma nova resposta à velha pergunta: onde está o Wally?.

Para descobrir o algoritmo que nos dizia onde o personagem se escondia, Olson criou uma base de dados composta por 68 localizações. No processo, utilizou os 7 livros originais da série, chegando assim à conclusão de que existem áreas onde a personagem aparece mais frequentemente. As páginas foram assinaladas cientificamente numa estimativa de densidade de kernel.

Conclusão: de acordo com o investigador as probabilidades de Wally estar nos cantos e nas bermas da página são muito reduzidas. Por oposição, existem duas áreas centrais em que são muito provavelmente aquelas onde Wally estará escondido.

Alguns consideram que o motivo para que tal aconteça está ligado às reimpressões: se Wally estivesse junto à margem da página, havia probabilidades de que, numa reedição, acabasse por haver páginas onde o Wally não estaria mesmo.

O caminho para encontrar Wally

O truque para encontrar Wally muito rapidamente está em saber para onde direcionar o olhar. Embora haja de facto uma maior probabilidade do boneco se encontrar nas áreas previamente assinaladas, é um pouco difícil olhar para todas elas em simultâneo sem que nada nos escape.

Para resolver o problema, Randal Olson criou uma fórmula muito simples: só temos de seguir as coordenadas e com certeza encontraremos o Wally muito mais rapidamente. A técnica usada chama-se algoritmo genético e é comum no universo da computação para tornar a pesquisa mais rápida e otimizada.

 

Basicamente, Olson utilizou o gráfico anterior para identificar 68 pontos que cobrem grande parte do mapa e que estão organizados segundo uma prioridade. Começando num ponto das páginas, percorremos praticamente tudo o resto seguindo uma sequência lógica.

O algoritmo genético traçou o caminho colorido abaixo como sendo o melhor possível para encontrar o moço da blusa listrada. Olson simplificou-o com a trajetória na cor preta. Segundo ele, ao segui-la, conseguiu achar o personagem em menos de dez segundos na maioria das ilustrações. Segundo o especialista, na maioria dos livros é possível encontrar o Wally seguindo a linha preta.

Encontrar o Wally: um jogo de probabilidades

Através do mapa anterior, Randy Olson delineou uma estratégia para encontrar o personagem com um gorro vermelho e branco. Se tem um livro em casa, vá buscá-lo e experimente você mesmo.

1.º Passo: O melhor sítio para começar a procurar é na página esquerda do lado inferior. Porquê? Porque se Wally não estiver aí, então é muito provável que ele nem sequer esteja nessa página.

2.º Passo: A próxima etapa é passar para a metade superior da página da direita. Se ele não estiver aí, vá alargando o raio de visão.

3.º Passo: Ao alargar o raio de visão deverá chegar à metade inferior da página da direita. Foque-se aí e lembre-se que não vale muito a pena olhar para os cantos, já que as probabilidades de Wally lá estar são muito reduzidas.

 

Partilhar este artigo

Deixar Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *