Home / Cultura e Sociedade /

Economia da paixão: como ganhar dinheiro e viver mais e melhor

Economia da paixão: como ganhar dinheiro e viver mais e melhor

Share this article

No meio de tantos dilemas sobre “como será o mercado de trabalho em 2021”, uma pergunta emerge de diferentes segmentos sociais: é possível ganhar dinheiro fazendo o que ama? Provavelmente nunca se tenha falado tanto em propósito como em 2020.

As mudanças causadas pelos últimos acontecimentos. Nomeadamente a pandemia Covid-19, fizeram com que pessoas procurassem entender o que de facto vieram fazer no mundo, e quais os seus potenciais provavelmente inexplorados.

Para o especialista em inovação e criatividade e professor da ESPM-SP Marcelo Pimenta, é possível ser feliz fazendo o que se ama e transformar individualidades em diferenciais de mercado, desde que se planeie com consciência a transformação do sonho em projetos executáveis. E foi por isso que ele editou, através da Editora DVS, o livro “Economia da paixão – Como ganhar dinheiro e viver mais e melhor fazendo o que ama”.

“Trata-se de um livro para ser lido como um exercício de possibilidades. O objetivo é oferecer possibilidades de se exercitar o autoconhecimento, gerar prosperidade criativa, inspirar pessoas, contribuir com o desenvolvimento pessoal de cada um e, assim, ativar o grande poder da coletividade”, afirma Marcelo Pimenta.

O livro está disponível nas lojas físicas e livrarias online desde o dia 30 de janeiro.

O termo apresentado por Marcelo Pimenta define por economia da paixão aquilo que considera ser uma quarta onda da economia pós-pandemia.

Isto deve-se ao facto de que a mudança na oferta e procura de emprego, bem como no segmento de bens e serviços estão a ser impactados profundamente pelas mudanças ocasionadas do ponto de vista de mundo e na forma como a economia de baixo contato reposiciona papéis sociais.

Para ele, de maneiras diferentes, houve impacto para todos e a reação também foi diferente, principalmente no que se refere àquilo que realmente as estimula a empreender o tempo da sua vida em diferentes projetos.

“Sendo mais objetivo, a economia da paixão não está baseada APENAS na agricultura, ou na indústria, ou ainda no conhecimento conectado pelas redes. Envolvendo todo esse sistema complexo de produção e de vida, as pessoas começam a despertar para aquilo que é o mais importante – o interior delas mesmas”, afirma.

O livro possui 224 páginas, dividido em 4 capítulos. Na primeira parte do livro, o autor reflete a mudança de status da tão falada economia das redes e do conhecimento à economia da paixão.

Na segunda parte, há um detalhamento dos atributos do protagonista da paixão, destacando o quanto a criatividade, propósito, resiliência, autoconhecimento e design estão conectados neste novo processo de expansão e apreensão do conhecimento.

Marcelo Pimenta explica na terceira parte do livro, o que é preciso saber para quem quer sobreviver à onda da economia da paixão, e finaliza oferecendo um guia prático para quem deseja empreender uma nova jornada neste novo modelo.

Quem é Marcelo Pimenta?

Marcelo Pimenta é um dos grandes nomes em inovação e criatividade do Brasil. Conhecido como “Descomplicador Criativo” tornou-se empreendedor logo depois da faculdade. Foi-se colocando à frente de vários negócios bem-sucedidos e descobriu que para inovar não existe receita e sim um princípio básico: a prática.

Professor da Pós-graduação da ESPM-SP, consultor credenciado do SEBRAE desde 2010, palestrante de grandes eventos, como o TEDx e cocriador do Protagonistas, Marcelo Pimenta é, antes de tudo, um acreditador.

Um profissional que se dedica a apoiar empreendedores, empresários e alunos para que recuperem a sua confiança criativa e possam inovar nos negócios, nos projetos e na vida.

POSTS RELACIONADOS

 

Share this article

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *